Agencia de Empregos Campinas
Agencias de Empregos ServiçosTerceirizados
RecrutamentoSeleçâoPessoal
AgenciasEmpregosCampinasSãoPaulo
ConsultoriaRH Seleção RS Campinas São Paulo
Consultoria - Institucional Consultoria em RH - Agência de Empregos - Recrutamento e Seleção Vagas de Empregos para Analistas, Assistentes,  Atendentes, Gerentes, Supervisores. Cadastro de Curriculos - Cv Notícias Contato AgenciaEmpregoCampinas
AgenciaEmpregosCampinasSP
Agencia Emprego  
  Agencia Emprego Consultoria de RH Campinas Empregos Temporarios
AgenciaEmpregos   AgenciaEmpregos
  NOTÍCIAS  
Mao de obra temporaria Campinas Sao Paulo Recrutamento Selecao Pessoal Selecao Pessoal Campinas
Agencia Rh
  Últimas  
Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Conheça as novas regras do seguro-desemprego e abono salarial
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas 10 ótimos empregos que não precisam de faculdade
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Confira o primeiro emprego de alguns atores famosos de Hollywood
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Saiba em quais situações você pode faltar do trabalho
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Ótimas perguntas para serem feitas na entrevista de emprego
Agencia Empregos Campinas
Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas Agencia Empregos Campinas
  Ver todas
Agencias Recursos Humanos Campinas
Empregos Pne
Consultoria de Rh Campinas
Agência Emprego Campinas    
 
  04/04/2005  
  João Paulo II, um Papa político e protagonista da história  
  O Papa que chegou do Leste, crítico contundente dos totalitarismos, é considerado por historiadores e cientistas políticos como um dos principais fatores que desencadearam a queda do comunismo no final dos anos 80.  
  CIDADE DO VATICANO, 6 fev (AFP) - João Paulo II, vitimado esta semana por problemas respiratórios, é protagonista-chave do cenário mundial há mais de um quarto de século e marcou com seu carisma e sua forte personalidade os rumos da Igreja católica, que passou por vários momentos críticos durante seu pontificado.

O Papa que chegou do Leste, crítico contundente dos totalitarismos, é considerado por historiadores e cientistas políticos como um dos principais fatores que desencadearam a queda do comunismo no final dos anos 80.

João Paulo II, que não se conformava com a divisão do mundo em dois blocos, o comunista e o capitalista, declarou-se sempre convicto de que "a mentira comunista" podia ser derrotada.

Para conseguir esse objetivo, apoiou durante os anos 80 a política dos Estados Unidos, liderada então por Ronald Reagan, um anticomunista convicto.

"Havia uma convergência natural de interesses entre os funcionários da Casa Branca e seus colegas no Vaticano", revelou, em 1999, a uma revista católica William P Clark, um dos conselheiros do ex-presidente americano. Um quarto de século depois seria difícil considerar João Paulo II como um aliado estreito dos Estados Unidos.

Após a queda do muro de Berlim, o Papa começou a denunciar com firmeza os excessos do capitalismo, suas injustiças sociais, a solicitar o perdão da dívida externa dos países pobres e também criticou o perigo de que uma só potência domine a cena mundial.

"Depois do fim da União Soviética, os Estados Unidos ficaram sozinhos. "Não sei se é bom ou mau, mas é isso", declarou durante sua viagem ao México para encerrar o Sínodo dos Bispos da América.

Depois que os Estados Unidos decidiram atacar o Iraque em 2003, o Papa pediu com todas suas forças que não se desencadeasse uma guerra imprevisível, cujas conseqüências eram desconhecidas e que podia desembocar numa guerra de religiões. Em inúmeras ocasiões públicas, sobretudo durante o Angelus do domingo, o Papa pediu pela paz no Iraque, pela paz no Oriente Médio, e pelo "fim das guerras esquecidas e dos conflitos atrozes que provocam morte e dor", ao se referir às guerras fratricidas na África e aos conflitos na América Latina, entre eles o da Colômbia, no qual interveio várias vezes.

"A guerra é uma aventura sem retorno", advertiu em 1991 quando se opôs à guerra no Golfo.

A condenação à guerra foi explícita ao longo de seu pontificado, tanto que chegou a figurar entre outros para o Prêmio Nobel da Paz. Além de seus pronunciamentos, o Papa cumpriu gestos históricos e simbólicos sem precedentes e de grande impacto político e moral.

Foi o primeiro pontífice da história que entrou em uma sinagoga, em Roma, e a ter estabelecido relações diplomáticas com o Estado de Israel.

Foi também o primeiro chefe da Igreja católica que entrou em uma mesquita e que pediu perdão em nome da Igreja por todos os erros cometidos pelos católicos durante as cruzadas, as guerras de religião, o tráfico de negros e contra os judeus.

Foi também o primeiro pontífice que visitou Cuba, o último reduto do comunismo no Ocidente, em janeiro de 1998, e a aparecer em público com Fidel Castro.

Há pouco mais de dez anos, esteve no balcão do La Moneda (palácio presidencial chileno) com o ditador Augusto Pinochet, suscitando a desaprovação de muitos católicos, que interpretaram o gesto como uma benção ao regime militar.

Mais complexas foram as relações inter-religiosas. Apesar de seus esforços a favor da unidade, não conseguiu aproximar os ortodoxos nem cumprir sua desejada viagem a Moscou, para visitar o patriarca Alexis II. O Papa, que mobilizou as multidões, sobretudo os jovens, durante suas inúmeras viagens pelo mundo e em particular na América Latina, não pôde deter, entretanto, a redução das vocações religiosas e inclusive o avanço das seitas protestantes nesse continente, onde vive a metade dos católicos.

Para muitos,
 
     
  Fonte: AFP - UOL  
     
 
Consultoria de RH Sao Paulo


Vagas de Empregos Administrativos
Vagas de Empregos Gerenciais
Vagas de Empregos Operacionais
Vagas de Empregos Técnicos Cadastro de Currículos
Recrutamento e Seleção
Vagas de Empregos Mão de Obra Temporária Campinas
Serviços-Gerais
Serviços de Apoio Terceirização
Limpeza e Conservação Ambiental
Teleatendimento
Recrutamento e Seleção
Seleção de Pessoal
Recursos Humanos Agência de Empregos Campinas
Serviços de Apoio
Agências de Empregos Consultoria de RH

Consultoria de Rh Valinhos SP
Consultoria de RH RMC
Agencia de Emprego Valinhos Agencia de emprego Campinas Temporarios Campinas Sao Paulo
Empregos Sao Paulo Agencia de RH Vagas de Empregos SP  
Recrutamento Selecao Vagas temporarias Vagas de Analistas de pessoal Analista de dp Campinas
AgenciaEmpregoSãoPaulo © 2014 - MQ Consultoria Ltda - Todos os direitos reservados - São Paulo - Campinas - SP
Agência de Empregos - Recrutamento e Seleção - Mão-de-obra Temporária - Terceirização - Efetivos - Estágios
- Consultoria de RH
AgenciaEmpregoCampinas
Analistas departamento pessoal dp sao paulo Terceirizados Serviços Gerais Terceirizacao Agencia Emprego Campinas Sao Paulo SP
Empregos RH
Consultoria em Recursos Humanos - RH - Agência de Empregos